Fidelidade Absoluta

Fonte: Audio e Video Magazine no.193, agosto de 2013
Publicada em 07/09/2013

O lançamento mais ambicioso da Dynaudio, orgulhosamente apresentado pela Ferrari Technologies no Hi End Show 2013, as Evidence Platinum, topo da linha do fabricante dinamarquês, foi testado por Fernando Andrette na edição 193 da revista.

Veja o teste na íntegra clicando aqui.

Veja alguns trechos do artigo:

"Não conheço até o momento caixas que possuam maior transparência que as Platinum. É simplesmente um misto de espanto, incredulidade e perplexidade! E não estou falando da recuperação de microdetalhes, e sim do seu senso do tamanho da sala, dos instrumentos, dos planos, da intencionalidade, da velocidade, do foco, do recorte etc. E no que esse pacote resulta? Resulta em um grau de realismo e prazer auditivo inigualável!"

"Os planos das Platinum são tão nítidos e precisos, que você percebe até se existiu vazamento de algum microfone próximo ao solista, pois o foco se movimenta. Em obras sinfônicas com orquestra e coral, o ouvinte consegue delimitar o espaço de cada músico, pois a largura, profundidade e altura são simplesmente exemplares! Ouvir órgão de tubo nas Platinum é um acontecimento, pois elas permitem a percepção exata do som direto, do som de ambiência da sala, dando-nos uma ideia exata do tamanho do ambiente e do posicionamento dos rebatimentos (se eles são laterais, de teto ou de profundidade)."

"Como todas as caixas da Dynaudio, as Platinum não se intimidam com o alto volume, diria que elas até gostam do desafio. Levamos em muitos exemplos as caixas próximas ao limite, e a folga é absurdamente impressionante! Elas não se perdem, mesmo com gravações mais limitadas ou comprimidas. E, ainda que em volumes próximos do real, as Platinum somem na sala como se literalmente fossem apenas objetos de decoração!"

"Para quem deseja ter audições repletas de precisão, naturalidade e detalhamento de seus discos preferidos e possui sala e equipamento à altura de caixas Estado da Arte, as Platinum devem ser levadas em consideração e escutadas com interesse redobrado!"